Você sabe de onde vem o seu produto?
Você sabe de onde vem o seu produto? 6/7/2020

Consumimos diversas marcas que nos identificamos, na certeza de que aquele produto representa qualidades e valores de nossa personalidade e ainda irá nos solucionar uma necessidade. Contudo, nem sempre sabemos a fundo a procedência do que consumimos. E nesse sentido que viemos conversar sobre esse aspecto da sociedade de consumo. Desde muito antes do início da pandemia por conta do coronavírus, muito se discute sobre a preservação da produção local e a importância de fortalecer a economia da região. Saber a origem de seus produtos não só garante um olhar mais clínico sobre como são feitos e se respeitam as normas de trabalho e o consumidor final, como também é uma forma de entender se a sua região participa ativamente da economia que é gerada. Uma vez que, quando a produção local é efetiva há inumeros benefícios. Sendo assim, listamos aqui alguns pontos fortes desse conceito:

1) A construção de uma comunidade que gera economia por si mesma. 

Apesar do termo comunidade ser antigo, ele é algo novo para o marketing. Pois criar um comunidade de marca tem sido uma estratégia essencial para as marcas, que buscam reunir pessoas com interesses em comum e assim descobrir suas necessidades. Com isso, a vantagem é dar a possibilidade de criar um vinculo maior entre as pessoas participantes dessa comunidade e as empresas. Dessa forma, o público passa a participar ativamente dos rumos das marcas ao ter espaço para mostrar a sua voz. Isso é um ponto muito positivo, pois ao saber do que os clientes gostam e o que desagrada, e essa riqueza de informações coletadas impacta na produção de lançamentos e campanhas que garantem muito mais chance de sucesso e aceitação entre o público. 


2) Menos desperdício e poluição

Com menos tempo de transporte, o produto local utiliza menos embalagem, gerando um volume menor de lixo e desperdício. Reduzindo o transporte, reduz também as emissões de carbono na atmosfera.

3) Valorização da cultura e da economia

Com o crescimento das marcas locais, cria-se maior identificação pela população que sente orgulho em fazer parte daquele fênomeno.

4) Ampliação e necessidade de vagas para atuação

Ao optar por fornecedores locais, há sempre a consequência de fortalecer a economia e abrir cada vez mais possibilidades de ampliações, o que demanda mais mão de obra, que certamente terá a população local como prioridade.

5) Fortalecimento da economia local

A economia desta forma cria um terreno fértil que está sempre se nutrindo. Por isso, torna-se consistente e de certa forma independente de outros mercados. 

Para finalizar, a produção local beneficia a região e a economia como um todo. Por isso é muito importante que nós como consumidores, sempre procuremos pesquisar e consumir marcas que estão a nossa volta. Assim ajudamos a roda econômica girar de forma muito mais fluida.

Não há comentários para este post, seja o primeiro!
Nome
E-mail
Seu e-mail não será exibido.
Comentário
© Copyright 2020 | Minas Moda - Todos os direitos reservados
Me chame pelo Whatsapp!